Minhas Cervejas Preferidas

Inspirada pelo post do meuqueridoedivertidíssimo amigo Davi, do Blog Adoro Comer, resolvi fazer um post sobre as minhas cervejas favoritas.

Como muitos sabem, eu sou uma amante das cervejas, tenho minhas prediletas, então resolvi nesse post falar um pouco mais sobre isso. Eu não sou ‘mestre cervejeira’, nem sei analisar detalhes técnicos, então eu vou contar para vocês o porque gosto e do que eu gosto em cada uma. Abaixo de cada cerveja terá os dados técnicos que retirei de sites especializados ou ainda do site oficial delas. Senta lá, pega um copo e vem beber comigo.

A Pri, do Culinarístico, aquela que toma cerveja comigo 3am,  também fez um post com as cervejas prediletas dela, corre lá.

1ª) Baldhead – English Bitter Pale Ale

Essa, sem sombra de dúvidas, é minha cerveja favorita de toda a vida. Eu tomei ela pela primeira vez, em versão chopp, no bar Dirty Old Man (que também é meu bar preferido na cidade). A gente não acha ela facilmente, apenas em algumas distribuidoras e lojas. De fabricação da cervejaria Baldhead – aqui de Porto Alegre, com muito orgulho – é uma das mais gostosas que já provei na vida. Ela é amarga na medida certa, tem um sabor especial, que te remete a um leve frutado, mas nada, nada doce e sim bem amarguenta como gosto! Poderia passar o resto da vida tomando só ela.

baldhead
Cerveja Ale originária da Inglaterra, onde o termo Bitter é usado para cervejas mais amargas. Produzida com maltes selecionados, tem aroma levemente frutado, corpo moderado, coloração âmbar e amargor médio. Harmoniza bem com bacalhau, paella e salsichas.
Temperatura ideal: 5 a 7°C
Graduação alcoólica: 4,6%

Dados retirados do site da Baldhead.

2ª) Heineken

Heineken é praticamente minha melhor amiga. Para todo e qualquer momento tem que ter uma em casa. Fácil de encontrar em qualquer rede de supermercados, a Heineken é uma cerveja de sabor amargo e uma das únicas estilo lager que é feita de puro malte produzida no Brasil. Tem muita gente que conheço que torce o nariz quando falo que tomo (e amo) essa verdinha, pois as pessoas a acham amarga demais, gostam mais de cervejas mais leves e, como eu digo, mais ”aguadas”, porém, para mim ela tem o sabor ideal para um final de dia estressante. Heineken conforta.

heineken

Cervejaria Heineken
Estilo Premium American Lager
Álcool (%) 5% ABV
Temperatura 5-7 °C
Copo ideal Lager (Chope)

(Dados retirados do site Brejas)

3ª) Brooklyn East India Pale Ale

A Brooklyn tem o típico sabor que eu gosto. Porém, ela tem um diferencial, que é um leve toque que me remete ao mel.  É bem encorpada e tem a mesma história da Colorado (leia mais abaixo), sobre as viagens a Índia, quando era preciso que ela permanecesse boa durante a jornada, por isso é usado mais malte e lúpulo em sua composição.  É um espetáculo!

Brooklyn

 

Cervejaria Brooklyn Brewery
Estilo India Pale Ale (IPA)
Álcool (%) 6.8% ABV
Temperatura 5-7 °C
Copo ideal Caldereta

(Dados retirados do site Brejas)

4ª) Way Beer Irish Red Ale

Eu estou aqui a divagar e lembrando de cada uma dessas cervejas que estou falando no post, quando me deparo com uma das minhas queridinhas, mas todas são, então a pessoa SE EMOCIONA, ao rememorar o sabor único da Irish Red Ale da Way. Eu não sei bem como explicar para vocês o que é o primeiro gole que se dá nessa coisa vermelha e preciosa. Ela é uma cerveja forte, você sente bem acentuado o malte e um sabor quase que caramelizado.  É uma coisa divina, minha gente, vocês precisam provar. E Irish, Irish é amor eterno e absoluto!

way
Cervejaria Way
Estilo Irish Red Ale
Álcool (%) 5% ABV
Temperatura 5-7 °C
Copo ideal Pint

(Dados retirados do site Brejas)

5ª) Colorado Indica India Pale Ale

A Colorado foi uma das primeiras cervejas do estilo IPA que eu tomei. Depois disso o meu amor pelo mundo das “Ales” só foi crescendo. Hoje em dia é meu tipo predileto. Quando estou deprimida vou para o supermercado e pego umas duas garrafas e fico mais feliz instantaneamente. A Colorado tem um grau alcóolico de 7%, por isso, meu querido, se você não está acostumado a beber, vá com calma. Ela é uma cerveja encorpada, com notas de rapadura (se achou a sommelier de beers agora). Baseada em uma receita inglesa que era enviada a Índia para deleite dos soldados e pessoas, o grande amargor dela e alto grau alcoólico era para que ela se mantivesse intacta durante as viagens. Coisa mais linda, não? Adoro saber as histórias. Amargor = amor.

colorado_indica
Cervejaria Colorado
Estilo India Pale Ale (IPA)
Álcool (%) 7% ABV
Temperatura 5-7 °C
Copo ideal Caldereta

(Dados retirados do site Brejas)

6ª) Guinness Draught

A Guinness foi a primeira cerveja fora das do circulo comercial que tomei na vida. Sim, faz tempo. Por que? Porque eu amo a Irlanda, mas isso acho que vocês já sabiam. Parecia-me que cada vez que eu tomava um pint de Guinness eu me sentia lá naquele belo país. Mais uma vez a conquista se fez pelo amargor. Eu não gosto de coisas doces. De vez em quando eu tenho um ataque da lombriga do doce e preciso comer, sei lá, um quindim. Geralmente sou uma pessoa que gosto de coisas amargas, secas e puras. A Guinness é uma das cervejas mais famosas do mundo. Impossível ir a Irlanda e não visitar a fábrica deles (tá na agenda). Ela é do tipo Stout, feita com malte torrado ela tem uma espuma que confere uma certa magia quando a gente prova ela todas as vezes. É uma coisa macia, sabe? Mas ao mesmo tempo, quando corre pela boca, você sente um amargor interessante, quase mesma sensação que tenho quando tomo café.  Café = amor.

guinness

Cervejaria St. James’s Gate
Estilo Dry Stout
Álcool (%) 4.1%
Temperatura 8-12 °C
Copo ideal Pint

2 Comentários

  • Wellington 26 de novembro de 2015 (11:55)

    Sara belas escolhas as suas. Da sua lista aí de seis melhores cervas na sua opinião, três delas também entram fácil na minha lista que é a heineken(cerva do dia a dia favorita) colorado indica(pensa numa cerva forte que lembra rapadura. Rsrsrs) e guiness draught( ótima stout) minha lista em ordem de preferência das que já provei seriam as seguintes: 1- hoegardeen(Bélgica), 2- benediktiner weissbier (Alemanha) 3- colorado indica(Brasil), 4- murphi’s irish red (Irlanda) 5- ayinger braw weisse(Alemanha) heineken( Holanda).

    • Sara Graciano
      Sara Graciano 9 de dezembro de 2015 (13:22)

      Welllington obrigada pelo comentário. Heineken é mesmo a minha do dia a dia! Uma das únicas boas no âmbito comercial. Gostei da sua lista, algumas não conheço, vou procurar. Abração!

Comente com o Facebook