Temperinhos & Afins: Curry

O Caril (nome em português) – mais conhecido em sua grafia na língua inglesa – Curry é tido com o mais antigo tempero da humanidade. A prática de misturar várias especiarias e transformá-la em uma, era recorrente na antiguidade. Surgido na Índia, o Curry é um mix de mais de 20 ervas, especiarias e sementes, dentre elas: cardamomo, cravo, canela em rama, cominho, semente de erva-doce, feno-grego, noz-moscada, pimentas preta, vermelha e dedo-de-moça, sementes de papoula, gergelim, tamarindo, coentro em grãos e cúrcuma (essa última, já falada lá no Culinarístico, que dá o tom amarelado tão conhecido). Outros itens também podem ser adicionados, conforme o gosto de quem o faz, como por exemplo: alforva, pimenta-de-caiena, cominhos finos, pimenta-da-jamaica, pimentão, alecrim, gengibre, cravinho.

A introdução da palavra ‘caril’ na língua portuguesa remonta a 1563, conforme o seu primeiro registo escrito 2 3 e, segundo algumas fontes, seria proveniente do tâmil e do malaio kari (கறி), que significa ‘molho’. Segundo outras fontes, a palavra seria proveniente do concani-marata kanddhí 4 e, por sinédoque, teria passado a designar ensopados de vegetais ou de carnes, com especiarias. Na Índia, o caril é considerado como um tipo de massala. Apesar da sua antiguidade, a forma caril é atualmente pouco difundida no Brasil, sendo usual a sua versão inglesa, curry. As comunidades nipônicas também empregam a forma ‘carê’.
(Fonte: Wikipédia)

Existe também o curry em pasta, muito usado na culinária tailandesa. Se você quer se aventurar e criar suas próprias misturas, Jamie Oliver ensina em seu site a fazer vários tipos de pastas de Curry.

Então imaginamos que se cada especiaria/erva/semente tem sua capacidade de auxiliar em nossa saúde, como temos visto aqui e no Culinarístico,  a junção de várias delas em uma só pode ser muito benéfico, não? Vamos a elas:

O curry reduz mutações celulares que provocam câncer, evita inflamações no intestino, acaba com doenças que atacam a gengiva e afasta a artrite. Em recentes estudos na Itália e Estados Unidos, pesquisadores encontraram evidências que a cúrcuma presente no curry pode prevenir de Alzheimer. Além de ter ação antiséptica e atuar de forma positiva nos tratamentos da AIDS e câncer.
(Fonte: Viva Viver)

Para finalizar, deixo para vocês o link de uma receita que tem o curry como astro principal: Risoto ao Curry.

Lá no Culinarístico hoje está rolando um papo sobre o delicado Açafrão. Corre lá. =)

Comentários no Facebook