Temperinhos & Afins: Orégano

O nome do orégano remonta à Grécia Antiga, onde Hipócrates o denominou de Origanon (erva amarga). Com mais de 30 espécies, o orégano era muito apreciado pelos gregos como óleo para pós-banho. Encontrado por toda a Europa e Ásia, é hoje muito cultivado nas Américas. Seu poder medicinal já era conhecido no Egito Antigo.
(Fonte: “Horta em Casa”)

Hoje é dia de “Temperinhos & Afins”, então falarei sobre o Orégano.

O orégano tem sua origem na Grécia e lá existem milhares de plantações dessa erva. Cresce muito bem naquela região, devido ao solo arenoso e a proximidade do mar.

Seu sabor combina bastante com alecrim e limão e tem uma característica interessante: por ser bastante oleoso, é uma das poucas ervas que não perde seu sabor e aroma ao passar pelo processo de desidratação e secagem. A diferença entre usá-lo fresco ou já seco é muito pequena.

Aqui na minha cozinha é uma das ervas essenciais. Como sempre digo: Acabou o orégano, acabou o amor. Vai bem com 80% das coisas. Desde o molho da pizza, tomates ao forno, até um simples pão com queijo derretido, regado com azeite e orégano! Ele é um coringa. Transforma um simples omelete em algo mais saboroso. Ainda por cima, pode ser usado para decorar pratos e dar um toque em saladas. Serve como guarnição em croutons e tempera bem muitos legumes.

Hoje no nosso blog co-irmão Culinarístico, a Pri fala sobre a Cebolinha. Corre lá.

Tabela Nutricional do Orégano:

Quantidade: 1 colher de chá

Água (%) 7 Calorias 5 Proteína (g) Traços Gordura (g) Traços Ácido Graxo Saturado (g) Traços Ácido Graxo Monoinsaturado (g) Traços Ácido Graxo Poliinsaturado (g) 0,1 Colesterol (mg) 0 Carboidrato (g) 1 Cálcio (mg) 24 Fósforo (mg) 3 Ferro (mg) 0,7 Potássio (mg) 25 Sódio (mg) Traços Vitamina A (UI) 100 Vitamina A (Retinol Equivalente) 10 Tiamina (mg) 0,01 Riboflavina (mg) Traços Niacina (mg) 0,1 Ácido Ascórbico (mg) 1

Você também pode gostar de:

Comentários no Facebook