Breaking Bad & Huevos Rancheros

Sabe aquele cozinheiro com talento, com experiência, mas ainda não tão bom? A comida é boa, mas ainda não saiu das mãos de um Ferrán Adrià (que só mencionei aqui porque é responsável por uma excelente cerveja). Está quase ainda.
Tudo bem. Esse é só o começo de Breaking Bad.

breaking-bad2
Se eu te disser que Vince Gilligan, consultor de roteiros e produtor já experiente (lembra-se de Arquivo-X?), resolveu contar a história da crise de meia-idade de um professor de química, você esperará que te sirvam um… Pudim? Uma sopa, no máximo?
Não apenas assistir essa jornada é um deleite, mas uma surpresa. Um banquete.

Um cara abre a porta, leva um tiro e você acha que sou eu?
Não, eu sou o cara que bate.
Eu não estou em perigo Skyler.
Eu sou o perigo.

Obra cerebral, planejada, estudada das músicas às cores com extremo cuidado. Uma equipe toda comprometida em fazer algo bom. Não algo lucrativo, fácil ou, você pode estranhar, legal. Todos em busca de algo bom, bem feito, bem executado. E ,como próprio de todo virtuose, se afinam, ganham confiança e aprendem com seus próprios erros. De vez em quando, experimentam com um tempero novo: um vídeo de música mexicana, uma guerra contra uma mosca, um urso de pelúcia desfigurado; às vezes, um ou outro erro, mas milhares de acertos e de truques novos aprendidos com esses pequenos erros.

breaking-bad14
Dos protagonistas, Brian Craston deve ter quase caído morto quando recebeu elogios de Anthony Hopkins e Aaron Paul embasbaca a todos com seu Jesse perdido, largado, noiado e sem nenhum talento na cozinha. Entre os destaques não tão óbvios, a diretora de vários episódios Michelle MacLaren, cujo nome espero ver mais vezes, e a atriz Anna Gunn. Já teve a sensação de que alguma personagem é gostosa demais para o papel? Não com ela! Mesmo com a desvantagem de ser bonita e indisfarçavelmente voluptuosa, Gunn esconde suas características físicas dentro de camadas e camadas de gestos, trejeitos e expressões de um dona-de-casa das mais comuns vivendo o inferno mais do que comum de um casamento “com o perigo”. É incrível ver um senhorinha de longos um metro e setenta e oito de altura, mais do que boa parte do elenco com quem contracenava, carregando sua bolsa na frente do peito como a mais frágil das criaturas. Demorou, mas ela conseguiu pôr um Emmy na estante.

breaking-bad1
Tão perdidos quanto Jesse começamos querendo saber onde a história desse senhor com uma arma na mão e sem calças vai parar. Terminamos, creio eu, melhores do que ele. Podemos até comer huevos rancheros sem cascas e tão gostosos quanto Breaking Bad.
A receita que vai acompanhar o post foi inspirada em um café da manhã do episódio 10 da segunda temporada da série, quando Jesse prepara um belo café da manhã para Jane.

huevos-breaking-bad

Huevos Rancheros

Preparo: 50 min
Cozimento: 20 min
Serve: 6

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 2 cebolas picada
  • 1 pimenta vermelha grande sem sementes e picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 1/2 colher de chá de cominho em pó
  • 2 colher de chá de orégano ou ervas de provence
  • 600g de tomates pelados picados (aquele que vem em lata)
  • 300g de pimentões vermelhos e amarelos picados
  • 6 ovos 1 pitada de sal
  • 1 colher de chá de pimenta do reino moída na hora
  • 4 colheres de sopa de coentro fresco

Modo de Fazer

  1. Em uma frigideira grande aqueça o azeite acrescente a cebola e o pimentão. Quando a cebola estiver soltando água acrescente o alho, o cominho, o orégano e a pimenta, misture bem e refogue por 5 minutos, até ficarem tenros.
  2. Adicione os tomates e refogue por mais 5 minutos, se o molho parecer seco, adicione um pouco de água. Coloque o sal, a pimenta e o coentro fresco, mexa bem. Coloque os ovos com cuidado no molho um por um, deixe uma distância entre eles para não grudarem um no outro.
  3. Cozinhe por 5 minutos, ou até que os ovos fiquem ao seu gosto.

Dica:

Sirva quente com arroz mexicano, arroz espanhol ou Tortilla.

Você também pode gostar de:

Comentários no Facebook

2 Comentários

  • Morganna Batista 27 de janeiro de 2014 (13:56)

    uaaaaaaaau! fiquei com fome! hahaha

  • Ana Paula Jerônimo 27 de janeiro de 2014 (15:02)

    Gosto tanto disso!!! Volta e meia eu faço pra galerinha aqui em casa.

    Adorei a postagem Sara. Bjuuu em vcs!!!