It’s kind of a funny history & Hambúrguer de Bacon

It’s kid of a funny history (2010) – traduzido no Brasil para “Se enlouquecer não se apaixone” – por que, eu penso, por que eles fazem essas traduções? Enfim….não se engane, nem se apavore, não é um tipo de filme como ”Se beber não case”. Vai muito, muito além disso.

-Você gosta de música?
-Você gosta de respirar?
-Você está certa. Foi uma pergunta idiota.
-Eu gosto muito do Radiohead,Pixies, T. Rex.
-O que mais?
-Você já viu ao vivo?
-Eu vi Radiohead e Pixies.
-Legal.
-Então…
-Vampire Weekend está fazendo um show no final deste mês.
-Quer ir? -Sim, eu quero.
-Com você, certo?
-Não, com Solomon.
-Sim, comigo.

It's Kind of a Funny Story

Com um roteiro cuidadoso a história começa com o jovem Craig (Keir Gilchrist) pensando em se suicidar. Uma coisa chocante para seus apenas 16 anos. Imaginando o que sua família iria pensar, ele resolve recorrer a um médico. Depois de uma consulta inicial, ele é internado na Ala Psiquiátrica do Hospital. Como não há mais vagas onde ficam os adolescentes, ele é colocado junto com os adultos.

O filme tem muita profundidade nos diálogos entre Craig e seu novo amigo Bobby vivido pelo excelente Zach Galifianakis. Mais uma vez temos um filme que parece de temática adolescente apenas, como no post que falamos de “As vantagens de ser invisível”, porém, sempre aprendemos algo com o que é visto aqui. Desde os encantos e desencantos do amor, até o valor que damos as amizades, tanto as novas quanto as antigas.

A convivência dentro do hospital, faz com que Craig comece a ver a vida de forma mais leve, exigindo menos de si mesmo e aproveitando as pequenas delícias da vida lá fora. Ao conhecer a bela Noelle, com uma curiosa camiseta “I hate boys”, ele começa a perceber que o amor platônico sentido pela namorado do melhor amigo, pode não ser o tal do verdadeiro amor. Identificações começam a aparecer e acabam por construir um belo romance.

Praticamente o primeiro amor. Emma Roberts, que dá vida a Noelle surpreende como atriz, revelando uma personagem que tem um passado triste, mas que está em pleno estado de recuperação e vê em Craig uma força a mais para continuar.

Destaque para o esforço de Craig em tirar seu colega de quarto da solidão. A parte final do filme foca bem nesse tema e deixará você sorrindo sem parar em frente da tela. É bonita demais a doação que existe naquele garoto.

Eu sei que é ridículo, mas, sei lá.
Pule de qualquer maneira.
Respire.
Viva.

Trailer:

Assistam enquanto comem um hambúrguer – passo a receita para vocês a seguir.

Hambúrguer com Bacon

Preparo: 60 min
Serve: 4 un

Ingredientes

  • 600 g. de carne moída de sua preferência
  • 1 cebola bem picadinha
  • 2 dentes de alho
  • Salsinha picada
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • 200 g de bacon em fatias finas
  • Maionese
  • Mostarda (opcional - aqui em casa: obrigatória)
  • Alface americana
  • 4 fatias de queijo (usei muçarela)
  • 4 pães para hambúrguer

Modo de Fazer

  1. Em um recipiente junte a carne moída, a cebola, o alho amassado, sal e pimenta. Misture bem. Deixe tomar gosto por uma meia hora. Separe a carne em 4 partes e molde os hambúrgueres.
  2. Em uma frigideira pré-aquecida (de preferência anti-aderente) coloque um fio de azeite e deite os hambúrgueres. Deixe por uns 3 a 4 minutos de cada lado, conforme o ponto desejado.
  3. Coloque o queijo em cima e abafe com uma tampa, para que ele derreta por completo.
  4. Em outra frigideira, coloque as fatias de bacon para tostar. Não é preciso colocar nenhum tipo de óleo ou azeite, pois o bacon já tem gordura suficiente para fritar sozinho. Após dourá-lo de ambos os lados, coloque-os em cima de papel toalha, para que enxugue bem a gordura remanescente e fique sequinho e crocante.
  5. Hora de montar os lanches, corte os pães ao meio, passe uma camada de maionese em ambos os lados, acomode o hambúrguer, a alface e algumas fatias de bacon.
  6. Adicione os condimentos que mais gostas (mostarda, ketchup, etc), pegue uma boa cerveja e desfrute desse momento junk-food sem a menor dor na consciência possível. Bom apetite =).

Você também pode gostar de:

Nenhum Comentário

    Comente com o Facebook