Take this Waltz & Kebab de Frango

Aqui no Brasil Take this Waltz tem o nome de “Entre o amor e a paixão”, enquanto o título original se refere a uma das músicas que compõem a trilha sonora, lindamente escrita e interpretada por Leonard Cohen, que por sua vez se inspirou em um poema de Frederico Garcia Lorca chamado “Pequeño Vals Vienés”. A música fala de uma valsa oferecida a alguém, como um ato de coragem, um convite ao viver. Obviamente tem tudo a ver com o filme em si que trata de arriscar um casamento de alguns anos com uma paixão surgida no meio de um voo e uma carona em um táxi.

A vida tem um vazio, simplesmente tem.
Você não sai feito louca tentando preenchê-lo.

Michelle Williams me impressiona. A garota que conhecemos ainda jovem na série “Dawnson’s Creek” se transformou em uma grande atriz.  Ainda mais admirável a cada interpretação.  Ela é Margot. A esposa jovem, criativa, que faz bolos, depois senta no chão, encosta a cabeça no forno e fica olhando os bolinhos crescerem. Margot é uma garota moderna e colorida. Tem um jeito de menina. No início do filme não sabemos ainda porque guarda uma tristeza qualquer no seu olhar.

Às vezes estou andando pela rua e um raio de sol ilumina a calçada
Sinto vontade de chorar…
E um segundo depois, isso passa. E aí eu deixo de lado, porque sou uma adulta…É apenas uma tristeza passageira.

Seth Rogen é Lou, o marido. Um cozinheiro nato e escritor de livros de Gastronomia sobre frangos. Sim, ele só fala sobre frangos e suas infinitas variações culinárias. O frango serve de metáfora para a situação atual do casamento, em um momento que Margot  abraça o marido no meio da cozinha, com um ar de romantismo e tentando resgatar aquela paixão que todos os inícios de relacionamento tem.

– Eu peguei toda a minha coragem e você me deixou total e completamente sem coragem.
– Você precisa de coragem para seduzir o seu marido?
– Sim. É preciso toda a coragem do mundo.
– Isso é ridículo!
– Ah, é?
– Então por que você me prova que sempre tenho razão?
– Quando sinto que assumo um grande risco, consistentemente você me prova que eu tinha razão e que o risco é maior do que posso lidar. – Mas de que… porra…você está falando?
– Só estou fazendo frango.
– Você sempre faz frango.

Ela conheceu um homem no avião, durante uma pequena viagem. Ele sentou ao lado dela e, sem querer, ela ficou olhando ele dormir. Pois foi aí que se deu a confusão mental toda, quando o papo começou e a identificação foi imediata. Como lidar com tudo isso, quando ao dividir um táxi, eles se dão conta que são vizinhos? Complexo.

Take this Waltz nos faz ficar em dúvida se ela deve ou não continuar o casamento ou seguir em um novo romance. Seria aquele cara o homem da vida dela ou não?
Sarah Polley mora no meu coração. Desde a meiguice interpretada em “Minha vida sem mim“ até seu primeiro filme como diretora (que está por aqui já) “Longe dela”. Na direção de Take this Waltz ela consegue mostrar uma visão romântica e ao mesmo tempo crua das relações humanas. Cenas memoráveis, como a do carrinho no parque de diversões, se misturam com uma fotografia incrível de Luc Montpellier e uma cozinha que dá vontade de morar dentro.  Com maestria ela desenvolve a tomada de uma decisão sem envolver uma traição. Não há traição no filme. Há diálogos incríveis e profundos, onde se diz o que se quer e o que se pensa, sem ao menos tocar um ao outro. Isso me lembrou muito Kar-wai em “In the mood for love”. Delicadeza: é isso que poderia definir o novo filme da diretora canadense.

O filme fala de decisões, correr riscos, viver algo que se tem vontade, perder a razão ou encontrar a verdadeira felicidade em estar só.

– Às vezes me dá vontade de algo novo. O novo é brilhante.
– O novo se torna velho.

Um beijo especialíssimo para a Dai Dantas, minha amiga, minha irmã, que tem uma identificação tão grande comigo que me indicou o filme e sabia que eu iria amar da forma que amei!
Não poderia eu fazer outra receita que não algo com frango, né?

kebab_de_frango

 

Kebab de Frango

Prep Time: 30 mins
Cook Time: 15 mins
Porções: 4

Ingredientes

  • 1 peito de frango sem pele e sem osso
  • 1/2 pimentão verde (cortado em cubos grandes)
  • 1/2 pimentão amarelo (cortado em cubos grandes)
  • 1/2 cebola (cortada em cubos grandes)
  • 1 1/2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 1 1/2 colheres de sopa de suco de limão
  • 1/2 - 1 colher de chá páprica (se você gosta de picante, use 1 colher de chá)
  • 1/2 colher de chá de pimenta em flocos
  • 1/2 colher de chá de cominho em pó
  • 1/4 de cebola pequena bem picada
  • 2 dentes de alho
  • 1/4 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de folhas de salsa fresca
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva (para grelhar)

Modo de Preparo

  1. Corte os cubos de frango, seque em um papel toalha e deixe marinar na mistura dos ingredientes por uma hora. Intercale cubos de frango com o pimentão verde e amarelo em um espeto de madeira/bambu ou metal, o que tiveres disponível em casa.
  2. Leve para grelhar. Possibilidades para grelhar: uma churrasqueira, no forno, grelha estilo frigideira no fogão ou em uma grelha elétrica. Eu optei por fazê-los em uma grelha que vai em cima do fogão. Vá pincelando com o azeite de oliva e virando os espetinhos até que fiquem corados e cozidos. Use fogo médio para que não fiquem corados por fora e crus por dentro.

Obs:

Receita original do Kebab do site Rasa Malaysia

4 Comentários

  • Dai 1 de novembro de 2012 (05:18)

    Eu queria muito escrever sobre esse filme. Mas o que eu poderia dizer depois desse texto tão bonito? Gol de placa, Sarinha. <3

  • Juliana 1 de novembro de 2012 (07:46)

    A Michelle Williams não me convence, sabe? Sempre sinto como se ela estivesse forçando um personagem. Quero só ver ela como Glinda no filme do Oz que tá chegando.
    Bela dica de filme, vou atrás! A receita, então, nem se fala. 🙂

  • Daniel Becher 3 de novembro de 2012 (06:10)

    Tu achas que consigo fazer o Kebab com Darumas de Frango? Quero ver o filme, agora 🙂

  • Sara Graciano 3 de novembro de 2012 (06:11)

    Consegues, acho que vai ficar melhor com Darumas. Haha.

Comente com o Facebook