Valentin & Talharim ao Funghi Secchi

Adotei essa frase para a minha vida desde que assisti pela primeira vez a esse filme argentino de 2003:

Enfim, a vida é um talharim!

Valentin é um menino de 8 anos que mora com a avó (vivida pela sensacional Carmem Maura). Acho muito sonoro como se diz avó em espanhol “abuela”. Sonoridades a parte, ele é uma daquelas crianças inventivas, que sonha em ser astronauta. Não se priva de tentativas engraçadas, treinando para quando estiver no espaço, luta contra uma falta gravidade inventada e é cheio dos apetrechos.

Valentin é apaixonante.

Aquele pequeno garoto com um óculos enorme, um coração gigante e uma vida curta e já tão sofrida. Os pais se separaram e sua mãe foi embora, o deixando com a avó. O pai pouco lhe visita.

Valentin é o tipo de menino querido, conselheiro dos vizinhos e amigos, do seu modo singelo e sem nenhuma maldade. Ele fica se indagando porque a vida cria tantos obstáculos para ser bem vivida. Um dos requisitos para ele seria ter uma madrasta loira, inteligente e linda. Só isso e algumas coisinhas mais. Com a doçura da pureza de uma criança, Valentin nos pega pela mão e vai nos levando durante o filme, entre lágrimas e risadas é um dos grandes títulos do cinema argentino de todos os tempos, na minha singela opinião.

Nada mais ÓBVIO que eu fazer uma receita de Talharim hoje, né?

talharim-ao-funghi

 

Talharim ao Funghi Secchi

Prep Time: 15 mins
Cook Time: 30 mins
Yields: 18

Ingredientes

  • 200 g de talharim
  • 1 xic. de vinho branco seco (se quiser podes usar água para hidratar, mas o vinho dá um tcham no sabor)
  • 1 lata de creme de leite sem soro
  • 30 g de funghi secchi
  • 1 cebola picada
  • Sal a gosto Pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo

  1. Coloque o funghi para hidratar no vinho. Deixe por ali por uns 15 minutos, depois desse tempo escorra e reserve o caldo do vinho. Enquanto isso coloque a água em uma panela para cozinhar a massa.
  2. Quando a agua estiver fervendo adicione um pouco de sal. Despeje a massa, que deve estar cozida em cerca de 10 minutos.
  3. Vamos fazendo o molho colocando as cebolas para dourar no azeite, quando estiverem coradas, acrescente o funghi escorrido (eu geralmente não os corto, deixo do tamanho que eles vem, acho mais saboroso). Tempere com o sal e a pimenta do reino. Despeje o líquido que ficou da hidratação e deixe apurar por uns 3 minutos até que evapore um pouco. Prove o sal, acrescente o creme de leite, mexa bem até incorporar.
  4. Escorra a massa, adicione o molho por cima e sirva em seguida.

Comentários no Facebook

2 Comentários

  • Anonymous 15 de janeiro de 2013 (20:01)

    Olá,
    sou um leitora recente do blog e tenho gostado muito.
    Ainda não fiz nenhuma receita mas tenho planos.
    Depois de assistir Valentin provavelmente seja um talharim, porque, afinal, a vida é assim ne?!
    Muito obrigada pela indicação, foi extremamente feliz.
    Abraços.
    Evelini

  • Sara Graciano 16 de janeiro de 2013 (06:31)

    Olá Evelini, seja muito bem-vinda =). Fico feliz que estás gostando do conteúdo do blog, faço ele com muito carinho, para dividir com vcs meus singelos apontamentos sobre o cinema e a cozinha.
    Valentin é uma fofura, assista, vc vai se apaixonar. =)
    E realmente, a vida é um talharim!
    Grande abraço e obrigada pelo gentil comentário.
    Sara