Soul Kitchen & Carré de Cordeiro com Crosta de Cogumelos

Fatih Akin é um diretor turco que sempre me deixou encantada com seus filmes dramáticos e profundos. Foi uma surpresa para mim vê-lo dirigindo uma comédia leve. Acredito que ele conseguiu tirar das pessoas algumas boas risadas em sua primeira experiência com filmes do gênero. Soul Kitchen é o nome do um restaurante comandado pelo seu dono, o simpático Zinos, vivido pelo ator alemão Adam Bousdouko. A casa não vai nada bem, devendo impostos ao governo, na mira da vigilância sanitár... Continue lendo

Postagem Coletiva: Dia da Cerveja Brasileira

Dia 5 de junho, amanhã é dia da cerveja brasileira, por isso resolvemos nos juntar e fazer uma postagem coletiva usando alguma cerveja fabricada no Brasil. O Dia foi criado, pelos Blogueiros Brasileiros de Cerveja, para comemorar e incentivar ainda mais a produção de Cervejarias nacionais. As gurias do Fica, vai ter sobremesa e do Culinarístico entraram comigo nessa brincadeira e fizeram receitas com cervejas brasileiras também. Dá um pulo lá para conferir =) No Facebook você pode ... Continue lendo

“Away from Her” & Risotto ao curry

Esse filme de 2006 é dirigido pela sensacional Sarah Polley, é seu primeiro projeto com o diretora. Antes disso, já a conhecíamos pelas excelentes atuações em filmes como "Minha vida sem mim" e a "A vida secreta das palavras", ambos de uma das minhas diretoras favoritas: Isabel Coixet. O filme fala sobre um casal que está  junto há 45 anos: Grant (Gordon Pinsent) e Fiona (Julie Christie). Mas não se trata de um casamento morno, sem graça, já desgastado pelo tempo. É aquele tipo de ... Continue lendo

Medianeras & Frango com Shimeji

As solidões do mundo moderno. Os encontros do acaso via internet. Duas pessoas solitárias que queriam amar. Mariana e Mártin. Ela, uma arquiteta que trabalha como vitrinista e acabou de sair de um relacionamento. Então me pergunto... Se, mesmo sabendo quem eu procuro, não consigo achar... como vou achar quem eu procuro se nem sei como é? Medianeras é um daqueles filmes que te faz sorrir quando chega ao fim. Sério, fiquei uma meia hora revendo o trecho final e sorrindo para ... Continue lendo

Hiroshima mon amour & Petits soufflés de couve-flor

Poderia dizer que a minha paixão pela cultura oriental começou quando li pela primeira vez, sentada na grama da Faculdade, o livro "O amante" de Marguerite Duras. Eu já tinha uma pré-disposição a amar os orientais, desde pequena, porém, depois de ser levada pelas palavras e o envolvimento contado no livro entre uma francesa e um chines eu logo me vi encantada. Foi então que, na mesma época, eu tive o prazer de assistir pela primeira vez a "Hiroshima mon amour" (roteiro adaptado de um ... Continue lendo